Blog

IGP-M

10 jun 20

Educação Financeira

Glossário Financeiro – O que é IGP-M?

Nosso glossário financeiro é um espaço para descrevermos e detalharmos alguns termos, taxas, siglas e abreviações presentes neste universo.  Já falamos sobre o que é o IPCA e, hoje, vamos explicar o que é e como é calculado o IGP-M. 

O que é o IGP-M? 

O IGP-M é o Índice Geral de Preços do Mercado. Ele é calculado pela Fundação Getúlio Vargas e tem como intenção registrar a oscilação de preços desde matérias-primas agrícolas e industriais, até a prestação de serviços e de bens de consumo. 

O IGP-M mede a inflação? 

Sim, o IGP-M mede a inflação, ou seja, a oscilação de preços e, por consequência a perda de valor de compra da moeda. Porém, ele não é o índice oficial da inflação - este é o IPCA, mensurado pelo IBGE. Mesmo assim, o IGP-M é o indexador para a correção de contratos imobiliários e alguns produtos de investimentos. 

Qual é a diferença entre o IPCA e o IGP-M?

Ambos têm a intenção de medir a oscilação da inflação. A diferença entre os dois é a metodologia. Enquanto o IPCA mensura uma lista de quase 400 itens, que representam o consumo das famílias que recebem entre 1 e 40 salários mínimos, o IGP-M pesquisas o preço de um universo maior de itens abrangendo toda a cadeia produtiva. 

Como o IGP-M é medido? 

O Índice Geral de Preços Médio tem a intenção de identificar a oscilação de preços, desde o começo do processo produtivo até o final. 

Assim, a Fundação Getúlio Vargas analisa a oscilação de preços de mais de 1.400 itens  entre o dia 21 do mês anterior até o dia 20 mês atual. 

O IGP-M é composto pela média ponderada destes outros três índices: 

  • IPA-M: Índice de Preços ao Produtor Amplo – Mercado: Ele engloba desde as matérias-primas agrícolas, produtos agropecuários e bens industriais. Mede a oscilação de preços do início da cadeia produtiva. Ele representa 60% do valor do IGP-M. 
  • IPC-M: Índice de Preços do Consumidor – Mercado: Referente aos produtos e serviços de consumo comuns das famílias brasileiras, incluindo alimentação, habitação, vestuário, saúde, educação, lazer, transportes e diversas outras despesas. Ele representa 30% do valor do IGP-M. 
  • INCC-M: Índice Nacional de Custo da Construção – Mercado: Abrange o custo dos materiais, mão-de-obra e equipamentos relacionados à construção e habitacional. Ele é medido em sete capitais brasileiras e representa 10% do valor do IGP-M. 

Onde é divulgado o IGP-M? 

O IGP-M é divulgado na última semana do mês pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas. Aqui, você pode conferir a média histórica do IGP-M neste site. 

O que o IGP-M impacta em nosso dia a dia? 

O IGP-M é, normalmente, o índice de reajuste dos contratos de aluguel, além de ser o balizador do aumento de algumas tarifas públicas. Ele também é utilizado como indexador para a rentabilidade de alguns produtos financeiros como Letras de Crédito Imobiliários e Letras de Crédito do Agronegócio. 

Depois de falarmos sobre índices de inflação, como o IGPM e o IPCA, semana que vem falaremos sobre a taxa SELIC, o que ela representa e quais são seus impactos em nosso dia a dia. 

Este post foi escrito pela Drimgo, parceira do Banco Bari na missão de ajudar as pessoas  as pessoas a melhor planejar e realizar seus sonhos por meio da educação financeira. 

Recomendações

Comentários

Mais posts

Chave aleatória Pix

29 set 20

Pix

Chave aleatória Pix: transações sem precisar informar dados pessoais.

Chave aleatória Pix – Já pensou poder receber uma transferência sem precisar informar dados pessoais como o seu CPF, e-mail […]

Ler mais
Bariflex

18 nov 20

Bariflex: top 6 argumentos de venda da linha de crédito com garantia de imóvel Bari

Está precisando renovar os seus argumentos de venda? A gente te ajuda.  Vamos listar aqui os top seis argumentos de […]

Ler mais
IPCA

Glossário Financeiro – O que é IPCA?

A gente se acostuma a ver várias siglas e termos que impactam nossa vida financeira: são índices, indicadores, taxas, impostos, […]

Ler mais

Atenção!

O Banco Bari alerta que não exige depósito prévio a título de fiança, seguro ou taxa de cadastro para concessão de empréstimos aos seus clientes.

Em cumprimento à Circular 3.991 do Banco Central de 19/3/2020 e seguindo as diretivas preventivas incentivadas pelas autoridades durante a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), informamos aos nossos clientes que o atendimento público presencial estará suspenso por tempo indeterminado.

Durante esse período, pedimos aos nossos clientes que utilizem nossos canais digitais de atendimento:
Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC)
4007-2888 (capitais e regiões metropolitanas)
0800-007-1777 (demais localidades)
41 98775-7044 (whatsapp)
ajuda@bancobari.com.br