Blog

Segurança da informação

19 nov 20

Segurança

Segurança da informação: 9 dicas para manter seus dados seguros

A segurança da informação torna-se cada vez mais essencial para empresas e usuários, uma vez que os ciberataques e incidentes que geram vulnerabilidades estão mais comuns e perigosos. 

De acordo com estudo do Fortinet Threat Intelligence Insider Latin America, ferramenta que coleta e analisa dados sobre incidentes de segurança cibernética, apenas no Brasil houveram 24 milhões de tentativas de ciberataque em 2019, o que representa uma média de 65 milhões de tentativas por dia. 

Isso revela a necessidade da educação e conscientização de usuários e empresas sobre a melhor forma de se proteger contra possíveis ameaças. Pensando nisso, trouxemos nove dicas básicas para manter suas informações em segurança. 

1 - Não divulgue informações pessoais

Muita atenção no armazenamento e divulgação de dados sensíveis. Não salve informações pessoais em computadores e aparelhos não seguros ou públicos, e cuidado ao repassar esses dados em ligações telefônicas, mensagens ou e-mails a terceiros. Sempre confirme estar falando com contatos oficiais. Na dúvida, não divulgue informações. 

2 - Não clique em links suspeitos

Cuidado ao clicar em links desconhecidos, pois podem levar a sites falsos ou infectar seu dispositivo com apenas um clique, liberando aos criminosos acesso a todas as informações armazenadas na máquina. 

Links falsos são facilmente criados e podem ser enviados de diversas plataformas e aplicativos. Portanto, se você não conhece ou desconfia de um link, não clique. 

3 - Crie senhas fortes

As senhas são uma excelente forma de proteger suas informações, mas para isso é preciso criar senhas fortes. Nada de usar datas de aniversário, nomes e outras informações que podem ser facilmente descobertas pelos cibercriminosos. 

Crie senhas aleatórias, utilizando letras, números e caracteres especiais, e não esqueça de trocar sua senha a cada 90 dias.  

4 - Atenção com e-mails e mensagens não solicitadas

Antes de responder uma solicitação, clicar no link ou realizar um pagamento, verifique se você solicitou o serviço ou o contato em questão e se conhece o remetente da mensagem.

Por exemplo, você tem algum vínculo com o banco que está constantemente mandando e-mails para você? Esse é um tipo muito comum de tentativa de ataque cibernético, por isso, atenção sempre. 

5 - Cuidado com os downloads

Baixar arquivos da internet é algo comum no nosso cotidiano, no entanto, é preciso cuidado com as fontes desses arquivos e os sites onde estão localizados.

O download de um arquivo mal-intencionado pode dar acesso aos criminosos, apagar informações e causar muitos prejuízos.

Para evitar tudo isso, verifique a procedência dos arquivos antes de fazer download e respeite os avisos do seu antivírus sobre possíveis ameaças. 

6 - Mantenha sistemas e aplicativos atualizados

Sistemas operacionais não são tão vulneráveis. Os criminosos se aproveitam e exploram pequenas vulnerabilidades encontradas.

No entanto, as empresas costumam resolver essas vulnerabilidades muito rapidamente e justamente por isso é tão importante você manter seus sistemas sempre atualizados, de preferência de forma automática. 

O mesmo vale para os aplicativos. É muito importante que você mantenha os aplicativos instalados nos seus dispositivos sempre atualizados, não importa se você utiliza a aplicação diariamente ou poucas vezes. A falta de atualização pode abrir brechas e facilitar os ataques criminosos. 

7 - Não abra anexos desconhecidos

Aqui vale a mesma regra dos links e downloads, você conhece a fonte ou quem está enviando os anexos para o seu e-mail? Se a resposta for não, é melhor não abrir o anexo e verificar a procedência antes de tomar qualquer ação. 

Atenção também com algumas extensões que podem indicar arquivos maliciosos como .exe, .bat, .rar e .zip. 

8 - Faça Backup dos seus arquivos

A intenção de todas essas dicas é que você não caia em nenhum golpe ou tentativa de golpe, mas novos tipos de ataque surgem diariamente, por isso, é importante que você se proteja de todas as maneiras possíveis.

Mantenha um backup atualizado dos seus arquivos e informações em local seguro e diferente dos seus dispositivos principais. Se você não tem conhecimento técnico para isso, vale pensar em contratar um especialista para ajudar. 

9 - Na dúvida, fale com um profissional de TI

E se você recebeu um e-mail, mensagem, clicou em um link ou baixou um arquivo que desconfia ser prejudicial, fale com um profissional de tecnologia ou especialista em cibersegurança.

Se o acesso foi feito em um computador corporativo, o possível ataque pode, dependendo do caso, chegar até o servidor da empresa e causar ainda mais prejuízos, por isso, é mais seguro comunicar a área responsável para que as medidas corretas sejam tomadas. 

Seguindo essas dicas, você se previne contra alguns tipos de ataque cibernético. O importante é estar sempre atento e evitar se colocar em situações de risco que podem ser evitadas. 

Curtiu esse conteúdo? Então continue acompanhando as nossas postagem aqui no blog e siga o Banco Bari nas redes sociais. 

Recomendações

Comentários

Mais posts

Equilíbrio para a saúde das suas finanças.

Um passo de cada vez: equilíbrio é a palavra-chave para as suas finanças.

Para começar esta conversa, vamos lembrar de quando estudávamos física? Um sistema entra em equilíbrio quando as forças opostas têm […]

Ler mais

7 dicas para ser um correspondente bancário de alta performance

Você sabe o que faz um correspondente bancário se destacar dos outros? Listamos aqui 7 dicas para você se destacar! […]

Ler mais
Agente de crédito

26 ago 19

Agente de crédito, promotora de crédito e correspondente bancário: entenda as diferenças.

Está procurando uma fonte de renda extra ou quer mudar a área de atuação profissional? Se identifica com o setor […]

Ler mais

Atenção!

O Banco Bari alerta que não exige depósito prévio a título de fiança, seguro ou taxa de cadastro para concessão de empréstimos aos seus clientes.

Em cumprimento à Circular 3.991 do Banco Central de 19/3/2020 e seguindo as diretivas preventivas incentivadas pelas autoridades durante a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), informamos aos nossos clientes que o atendimento público presencial estará suspenso por tempo indeterminado.

Durante esse período, pedimos aos nossos clientes que utilizem nossos canais digitais de atendimento:
Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC)
4007-2888 (capitais e regiões metropolitanas)
0800-007-1777 (demais localidades)
41 98775-7044 (whatsapp)
ajuda@bancobari.com.br