O Banco

Para você

Para sua empresa

Blog

Multiconta

Um aplicativo que ajuda você a guardar $ para seus objetivos.

Multiconta Banco Bari
Conta Controle
Conta Objetivo
Pix
Baricard Elo Grafite
Investimentos

Produtos de Renda Fixa para o seu dinheiro render com segurança.

Saiba mais
Empréstimo
/ home equity

Crédito com garantia de imóvel para você usar como quiser.

Saiba mais
2ª via do boleto
Financiamento imobiliário

Inclua as custas de cartório nas parcelas e utilize seu saldo do FGTS.

Saiba mais

Empréstimo
/ home equity

Crédito com garantia de imóvel para você usar como quiser.

Saiba mais
2ª via do boleto

Serviços ao mercado financeiro

Saiba mais
Educação Financeira

Inflação acima do teto da meta: como interfere nos preços?

17 MAI 21
COMPARTILHE

O que muda com o aumento no índice que mede a alta dos preços de determinados produtos no mercado e como isso afeta o mercado financeiro

Adotadas pelo governo brasileiro em 1999, as metas de inflação são uma forma de medir a economia nacional. Com “piso” e “teto” bem definidos, a inflação mede as altas e baixas de produtos que fazem parte da vida de famílias brasileiras.

Por ser um assunto considerado complexo, é natural que você se questione sobre o que é inflação acima do teto da meta. Além disso, quem define essa meta e o que acontece quando ela é ultrapassada? Confira agora como funciona a inflação e qual a influência dela no mercado.

Afinal, o que é inflação?

Inflação é como é chamado o cálculo do aumento ou diminuição de valores de determinados produtos e serviços que fazem parte da cesta do brasileiro. Ou seja, os gastos com alimentação, moradia, saúde, educação, lazer e muitos outros.

Esses valores são medidos mensalmente pelo IBGE que gera dois índices: o IPCA, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo; e o INPC, Índice Nacional de Preços ao Consumidor. Os dois calculam a variação de preços do que é consumido pelo brasileiro.

Além de medir a alteração de preços, esses índices medem como essas alterações impactam no rendimento mensal dos brasileiros. Mas então, qual a diferença entre eles?

IPCA

O cálculo do IPCA tem um alcance maior porque funciona para mais famílias brasileiras. Isso porque ele é usado para medir o consumo de famílias com renda mensal entre 1 e 40 salários mínimos.

INPC

O INPC compreende famílias que têm uma renda mensal entre 1 e 5 salários mínimos e é o índice que sofre mais variação. Isso porque são famílias que têm menos condições financeiras e, portanto, sentem mais o impacto da mudança de preços no orçamento.

O que controla a inflação

Existem algumas medidas de política monetária usadas pelo governo para controlar a inflação. Elas são usadas para manter o índice dentro do esperado para o piso e o teto, no intuito de impedir uma deflação ou uma hiperinflação.

- Controle da taxa básica de juros, a Selic

- Abertura do mercado de importações

- Elevação as reservas financeiras dos bancos

- Controle do dinheiro que circula no país

- Aperto fiscal, ou seja, diminuição dos gastos públicos e elevação de impostos para que a receita seja maior que as despesas

Essas foram algumas medidas já utilizadas pelo governo brasileiro para impedir a inflação acima do teto da meta, que é o limite de quanto a inflação pode chegar no ano.

 

Ilustraçao mostra homem e mulher interagindo com ícones que representam dinheiro e inflação, como moedas, saco de dinheiro, gráficos e símbolo de porcentagem.
O aumento no índice que mede a alta dos preços afeta o mercado financeiro como um todo.

Quem define a meta de inflação no Brasil

A meta da inflação no Brasil é definida pelo CMN, Conselho Monetário Nacional, que é o órgão que regula a moeda e o crédito do país. O objetivo dele é manter a estabilidade da moeda, enquanto gera condições para o desenvolvimento do Brasil.

Quando essa meta de inflação é definida, a responsabilidade de mantê-la estável é do Banco Central. É ele que deve tomar as providências para que a inflação fique dentro do esperado.

Qual a meta de inflação para 2021

A meta de inflação era de 3,75% para 2021 e esse número poderia sofrer uma oscilação de 1,5 pontos para mais ou para menos, podendo ficar entre 2,25% e 5,25%. Atualmente a projeção da inflação está em 3,98% e a expectativa é encerrar o ano em 4%. 

No entanto, segundo o IBGE, em março o IPCA acumulado de 12 meses chegou a 6,10%, ficando acima do teto. Agora você pode estar se perguntando: “então o que acontece quanto o teto da inflação é atingido ou ultrapassado?”.

O teto da inflação foi ultrapassado, e agora?

A primeira coisa que devemos dizer é que o valor ultrapassado foi o acumulado dos últimos 12 meses até março, ou seja, de março de 2020 a março de 2021. Já o teto da meta para 2021, continua dentro do que é previsto para ele.

A inflação alta é um indicativo ruim?

A resposta é sim! Quando a inflação está baixa e estável, a população tem mais condições de movimentar dinheiro e, assim, fazer a economia do país crescer. Contudo, quando temos  inflação acima do teto da meta, o cenário muda um pouco.

A alta do índice indica que os preços da cesta de produtos e serviços consumidos pelo brasileiro estão subindo de preço. As famílias acabam perdendo poder de compra já que o salário mínimo não acompanha a variação, nem é inversamente proporcional.

Investimentos protegidos da inflação

Você já ouviu falar sobre os investimentos protegidos da inflação? Isso mesmo! Existem aplicações financeiras que não são afetadas nos seus rendimentos pela variação da inflação, nem pelas medidas tomadas para seu controle, como o aumento da taxa de juros.

É importante se manter sempre bem informado sobre a economia do país e como ela impacta o mercado financeiro. Por isso, se você tem interesse em fazer investimentos financeiros seguros, abra sua conta Banco Bari e conheça os investimentos em Renda Fixa!

Veja também

Este site usa cookies e outras tecnologias que ajudam a personalizar o conteúdo de acordo com nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.