O Banco

Para você

Para sua empresa

Blog

Empréstimo
/ home equity

Crédito com garantia de imóvel para você usar como quiser.

Saiba mais
2ª via do boleto

Serviços ao mercado financeiro

Saiba mais
Educação Financeira

Métodos para ajudar a definir e alcançar a sua meta financeira

22 JUN 21
COMPARTILHE

Traçar metas é o primeiro e um dos passos mais importantes para começar a desenhar uma gestão financeira pessoal mais sustentável. É a partir de objetivos que fica mais simples escolher o melhor caminho e principalmente, para no final, realizar o sonho de uma tão esperada viagem, compra de um apartamento ou uma grande festa. 

Apesar de parecer simples, educação financeira ainda está longe da realidade brasileira. Oito em cada dez consumidores brasileiros (81%) têm pouco ou nenhum conhecimento sobre como fazer o controle das despesas pessoais, segundo pesquisa do SPC Brasil. Mais de um terço ainda desconhecem o valor das contas que vencem no próximo mês. E falta de disciplina é citada por 39% como a maior dificuldade na hora de planejar gastos.

O que a pandemia mostrou é que não dá mais para deixar para depois a gestão financeira e é preciso estabelecer prioridades nos gastos. Isso não necessariamente significará gastar menos, mas é aprender a gastar de forma inteligente. 

Há diversos métodos para ajudar a definir e alcançar a sua meta financeira. Confira quatro deles:

Método OKR 

Objectives and Key Results (OKR) é um popular método de gestão de empresas no Vale do Silício. Os OKRs são definidos para um período de três meses, o que ajuda a tornar os objetivos mais tangíveis e, se precisar, mudar a estratégia no meio do caminho. 

Esse método é dividido em duas categorias. A primeira objetivos: é a etapa mais inspiracional e serve para direcionar o que precisa ser feito. Devem ser definidos apenas até cinco para que fique mais fácil deixar de lado aquelas tarefas que não são mais prioridades. Já a segunda etapa é a dos resultados-chave. Eles que estabelecem como o objetivo será alcançado. Assim, é necessário detalhar as metas, com desafios, que não sejam nem tão fáceis e nem tão difíceis para não desmotivar. Por exemplo, se o objetivo é viajar para a Disney, uma meta pode ser reduzir os gastos mensais com restaurantes em 20%. 

Método S.M.A.R.T.

Esse método é um acrônimo para as palavras em inglês Specific, Measurable, Achievable, Realistic and Time-based. No primeiro, significa ser específico sobre o que quer ser alcançável. Por exemplo, em vez de traçar metas como “viajar mais” ou “juntar mais dinheiro”, é preciso detalhar, como quantas viagens pretende fazer, para onde, quando, quanto dinheiro vai gastar etc. 

Para monitorar a meta é preciso criar métricas para ver se está no caminho certo. Como definir quanto tem que economizar a cada mês para ter uma quantia para a viagem, por exemplo. 

Como todo planejamento, é preciso ser realista para não se frustrar — a meta precisa estar ligada a um propósito, o que torna mais fácil ir atrás. E claro, um prazo é fundamental para não deixar a meta solta. 

Regra 50-30-20

Isso significa separar a renda em cerca de 50% destinada para “gastos fixos e essenciais”, como alimentação, moradia e saúde; 30% para manter os gostos, como comer em restaurante ou ir ao cinema; e 20% que deve ser investido para assegurar um bom padrão de vida no futuro. É nesse último que entram as metas e sonhos, que precisam ser definidas em curto, médio e longo prazo.

Método Kakebo

Esse método centenário japonês promete a possibilidade de economizar até 35% do seu salário. O primeiro passo, é registrar as despesas, diárias ou semanais, em diferentes categorias — quantas forem necessárias. Por exemplo: renda; essenciais (moradia, transporte, alimentação); lazer (restaurantes, compras, academia etc) e extras (presentes, shows, viagens etc.). 

No fim do mês é só analisar o quanto da renda está sendo consumida e o que pode ser dispensado. Há quatro perguntas-chave: quanto dinheiro você guardou? Quanto dinheiro você gostaria de guardar? Quanto dinheiro você está realmente gastando? O que você mudaria no próximo mês para melhorar? Isso facilita remanejar os gastos para direcionar recursos para uma meta. 

Independente de qual método escolher, é importante tornar as metas e objetivos parte do dia a dia. A educação financeira é conquistada com o hábito. E hoje, com aplicativos e plataformas digitais esse processo está na mão, tornando ainda mais fácil a conquista de seus sonhos.

Veja também

Este site usa cookies e outras tecnologias que ajudam a personalizar o conteúdo de acordo com nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.