O Banco

Para você

Para sua empresa

Blog

Empréstimo
/ home equity

Crédito com garantia de imóvel para você usar como quiser.

Saiba mais
2ª via do boleto

Serviços ao mercado financeiro

Saiba mais
Investimentos

Qual o melhor investimento para ganhar dinheiro

19 AGO 21
COMPARTILHE

Brasileiro ainda prefere investir na caderneta de poupança do que em outras modalidades mais rentáveis

 

Saber qual o melhor investimento para ganhar dinheiro tem sido um assunto cada vez mais abordado por aqueles brasileiros que querem alcançar a tão sonhada estabilidade financeira.

O número de pessoas físicas que investem em ações da bolsa de valores brasileira, B3, subiu 91,2% de 2019 para 2020, chegando a 3.229.318 de contas. 

Apesar do crescimento, o número equivale a apenas 3% dos brasileiros. Em países como os Estados Unidos, 55% da população investe em ações. 

Além disso, de acordo com a pesquisa Raio X do Investidor Brasileiro, realizada pela ANBIMA, com apoio do Datafolha, em 2019, menos da metade da população brasileira (44%) tinha aplicações em produtos de investimento. O que equivale a apenas 42 milhões de brasileiros. 

O percentual, no entanto, apresenta crescimento se comparada a 2017 e 2018, quando apenas 42% da população investia. 

 

Perfil do investidor brasileiro

Ainda segundo a ANBIMA, o brasileiro é considerado um investidor tradicional e conservador, que prefere segurança à rentabilidade de um investimento. 

A maioria dos investidores no Brasil é do gênero masculino (53%) e possui renda média mensal de R$5,6 mil. 

Cerca de 71% deles, vão até o banco para realizar os investimentos, enquanto 49% preferem usar os canais digitais do banco ou corretora. 

Leia também: Qual o melhor investimento para o meu perfil?

O principal investimento do brasileiro, segundo os dados de 2019, ainda continua sendo a caderneta de poupança, que representa 84% dos investimentos feitos pela população. 

Isso porque 48% preferem constituir uma reserva sem riscos a ter retorno financeiro.  

Em segundo lugar estão os fundos de investimento (6%), depois os títulos privados (5%) e planos de previdência (5%), títulos públicos (4%) e ações (3%). 

 

Tripé dos investimentos 

Muitos brasileiros têm receio de investir por não conhecerem o mercado financeiro ou por não saberem qual o melhor investimento para ganhar dinheiro, deixando de adquirir a tão sonhada segurança financeira.

Portanto, se você está pensando em aplicar em algum produto de investimento com segurança, é fundamental ter conhecimento sobre o assunto para evitar más escolhas na hora de investir. 

Para isso, é importante analisar três fatores antes de começar as suas aplicações: 

Rentabilidade: é o lucro que você ganha por deixar seu dinheiro aplicado em um produto de investimento;

Liquidez: é a rapidez com que você consegue resgatar suas aplicações e transformá-las em dinheiro;

Risco: é a probabilidade que o valor investido não renda o esperado, ou até mesmo se torne negativo.

Na hora de investir, considere estes três critérios e se planeje de acordo com a sua renda e os objetivos financeiros que queira alcançar.   

Qual o melhor investimento para ganhar dinheiro

Avaliado o tripé dos investimentos, veja a seguir qual o melhor investimento para ganhar dinheiro:

 

Ações

Investir em ações nada mais é do que adquirir uma pequena participação em grandes corporações do Brasil, como é o caso da Magazine Luiza, Petrobrás, Ambev etc.

Apesar dos preços oscilarem durante os pregões da bolsa de valores, onde as ações são compradas e vendidas, a longo prazo eles tendem a seguir a mesma margem de lucro das empresas. 

É por isso que investir em ações a longo prazo é um dos investimentos mais rentáveis.

Além disso, não é necessário um aporte muito grande para investir em ações. A maioria delas são negociadas em lotes de 100. Portanto, para investir em uma ação que vale R$30, é necessário desembolsar R$3 mil.  

No entanto, a maioria das corretoras recomendam um aporte inicial de R$5 mil nesta modalidade de investimento.  

Leia também: Você pergunta, a gente responde: tudo sobre investimentos

Busque investir em empresas sem dívidas, que tenham uma boa gestão e com lucros acima da média do mercado. 
 

Ilustração mostra duas pessoas interagindo com ícones que representam dinheiro.
Renda fixa: investimentos seguros e com excelentes remunerações.

 

Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um programa criado pelo Governo Federal para que pessoas físicas possam negociar títulos públicos.

Esse tipo de investimento consiste em uma espécie de empréstimo que você faz ao Governo Federal e em troca, ele te fornece um título de crédito com vencimento pré-determinado.

Ao chegar na data de vencimento, o governo é responsável por devolver o dinheiro emprestado, somado aos juros aplicados e pré-estabelecidos na hora em que você adquiriu o título.

O aporte mínimo para começar a investir no Tesouro Direto varia entre R$30 e R$100 de acordo com o título escolhido.  Ele é considerado uma forma segura de investimento, devido à credibilidade do emissor: o Governo Federal. 

 

Certificado de depósito bancário (CDB)

Investir em CDB é bem parecido com investir no Tesouro Direto. O que muda é que no CDB você estará emprestando dinheiro a uma instituição financeira por um período determinado.

Ao chegar no fim desse período, a instituição devolverá o valor corrigido com juros. É possível começar a investir em CDBs com apenas R$ 50. 

Assim como o Tesouro Direto, o CDB é uma modalidade de investimento bem segura, já que as aplicações são protegidas pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), mesmo órgão que protege a poupança. 

E em caso da instituição bancária a qual você adquiriu o CDB falir, o FGC é responsável por ressarcir parte ou a totalidade do seu investimento.

 

Fundos Imobiliários

Os Fundos Imobiliários são considerados investimentos diretos e recomendados para quem busca uma renda extra.

Isso porque, por meio dos Fundos Imobiliários, você pode comprar uma parte de uma propriedade e receber mensalmente uma porcentagem do valor do aluguel deste imóvel. 

É possível começar a investir em Fundos Imobiliários com um aporte entre R$80 e R$100. 

Essa modalidade de investimento possui um risco maior, já que são investimentos de renda variável. Portanto, é indicada para investidores mais agressivos. 

LCI e LCA

A Letra de Crédito Imobiliário (LCI) e a Letra de Crédito do Agronegócio (LCA) são investimentos de renda fixa, assim como o Tesouro Direto e o CDB. 

Portanto, é possível prever a rentabilidade dos títulos, antes mesmo de investir. 

A LCI e a LCA são títulos emitidos por instituições financeiras que servem para captar recursos para os setores do agronegócio e imobiliário. 

Estes títulos também possuem cobertura do FGC. Além disso, pessoas físicas que investirem em LCI e LCA são isentas de Imposto de Renda e IOF. É possível encontrar aplicações em LCI a partir de R$ 50.

No Banco Bari, você tem acesso a uma diversificada carteira de investimentos com produtos de renda fixa, que envolvem CDB e LCI. Abra a sua conta, aproveite as melhores condições e comece a investir. 

Veja também

Este site usa cookies e outras tecnologias que ajudam a personalizar o conteúdo de acordo com nossaPolitica de Privacidade. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.