O Banco

Para você

Para sua empresa

Blog

Empréstimo
/ home equity

Crédito com garantia de imóvel para você usar como quiser.

Saiba mais
2ª via do boleto

Serviços ao mercado financeiro

Saiba mais
Financeiro (Empresas)

Capital de giro: o que é e como calcular

13 JAN 22
COMPARTILHE

Se você possui algum tipo de negócio, certamente deve saber o que é capital de giro.

Nesse artigo mostramos tudo o que precisa saber sobre o que é capital de giro. Desde seu conceito, até a sua importância para a empresa, e os prós de ter dinheiro em caixa.

Fique até o final para aprender tudo sobre esse assunto!

O que é capital de giro?

O capital de giro é o dinheiro necessário para o funcionamento da empresa. Ou seja, é a quantia que separamos para as atividades da empresa sem prejudicar as finanças. 

Ele garante a saúde financeira da empresa, mantém os estoques, assegura o pagamento dos fornecedores, o pagamento de impostos, salários, outros custos e despesas operacionais. Esse é o capital que faz o negócio funcionar!

Os empresários devem ter consciência das suas obrigações, como contas a pagar e quantidade de dinheiro disponível para seu negócio funcionar. Pensando dessa maneira, ele saberá que um capital de giro muito baixo significa manter-se um risco financeiro.

Ou seja, a empresa pode não conseguir sustentar-se em momentos críticos e crises, por exemplo.

Dessa forma, o capital de giro é uma segurança financeira e facilita a gestão empresarial, pois permite que a mesma adquira:

  • novos equipamentos;
  • mantenha os estoques cheios;
  • trabalhe com diferentes formas de pagamentos, sem prejudicar o orçamento da empresa.

Quais são os tipos de capital de giro?

Ícone de um homem tocando na tela de um smartphone. A tela tem gráficos e símbolos de ciclos, simbolizando o capital de giro. Além disso, há uma calculadora e dinheiro na frente do tablet.

Existem diversos tipos de capitais e cada um deles possui uma característica que o difere do outro.Entenda cada um deles:

Capital de giro líquido

Inclui os recursos financeiros da empresa, exceto bens e imóveis.

Capital de giro positivo

Nesse caso, a empresa gasta menos do que recebe. Esse capital pode significar uma constante de alta ou estagnação de resultados.

Capital de giro negativo

Esse capital pode significar um problema quando os recursos disponíveis são insuficientes para pagar dívidas. Ou seja, a empresa provavelmente gastou mais do que recebeu.

Normalmente empresas novas no mercado, ficam com o capital negativo, pois o retorno financeiro pode demorar um pouco para aparecer. Digamos que no início o empreendedor deve investir muito em seu negócio.

Capital de giro próprio

O capital próprio pertence à empresa, sem precisar de empréstimos.

Capital de giro de terceiros

Os associados podem emprestar dinheiro ou capital para a empresa. Isso deve cobrir as despesas que a empresa terá. O financiamento ajuda a melhorar a empresa e manter os gastos.

Por exemplo, um financiamento ajuda a adquirir equipamentos novos.

Capital de giro ideal

Não há um montante específico para o capital de giro da empresa, mas é importante que a mesma elabore uma boa estratégia para determinar qual seu valor.

Por exemplo, estime quanto a empresa precisará para pagar todas as contas mensais para produção ou serviços. Depois, adicione as contas a receber e o valor disponível em estoque. Feito isso, diminua do resultado, as pendências financeiras e o valor de impostos e despesas.

O resultado encontrado é o valor mínimo necessário para seu capital de giro.

Veja também essa matéria sobre juros simples e composto.

Como a empresa pode adquirir o capital de giro?

Uma das maneiras de se conseguir o capital de giro são os empréstimos empresariais, bastante comuns no início do negócio onde os gastos são quase sempre superiores aos lucros.

Qual deve ser o valor do capital de giro?

É recomendado colocar uma quantia de meses para uma boa margem de capital de giro. Sempre some os gastos, custos, impostos e subtraia do valor em caixa mais estoque. O resultado deve ser multiplicado pelo número de meses da sua margem.

O cálculo pode variar conforme as exigências da empresa, porém sempre se lembre de deixar a margem de erro para eventuais intercorrências que possam ocorrer em seu negócio.

Como calcular o valor do capital de giro?

Existe uma fórmula que te ajudará a entender o ciclo operacional da empresa:

Contas a receber + estoque – valor das contas a pagar = capital de giro

Uma vez aplicada essa fórmula do capital de giro, lembre-se que esse será o dinheiro necessário para a boa gestão do seu negócio sem inadimplência.

Para saber o valor do capital de giro também é preciso entender o fluxo de caixa do negócio.

Fluxo de caixa saudável

Para calcular o valor ideal, e deixar o fluxo de caixa saudável. Multiplique o resultado por 6, a fim de garantir uma margem de 6 meses de segurança financeira para sua empresa. Isso te ajudará muito!

Importância do capital de giro

Mesmo após calcular o valor necessário e conseguir levantar todos os recursos, a empresa precisa tomar cuidados e adotar medidas preventivas para manter o capital de giro.

Alguns desses cuidados e medidas preventivas são manter o controle financeiro de forma detalhada, negociar as melhores condições com os fornecedores, clientes e funcionários.

Sempre encontre formas de receber antecipadamente os pagamentos pendentes, estudar sempre que possível a real necessidade de empréstimos e financiamentos e outras.

Como manter o capital de giro fixo?

Uma forma diferente e inusitada de manter o capital de giro, é buscar por investidores internacionais, porém você deve estar muito bem preparado para lidar com as operações financeiras estrangeiras para que as mesmas possam dar lucros para sua empresa.

O controle financeiro e fluxo de caixa te ajudarão a perceber se sua empresa está saudável. Por isso, faça o controle do fluxo de caixa diariamente, caso precise de ajuda para manter sua empresa, opte por empréstimos com taxas baixas.  

Necessidade de capital de giro para sua empresa

Como o capital de giro é um dinheiro separado para a empresa cumprir suas funções e obrigações. Essa reserva de caixa faz parte da rotina do negócio.

Se o empresário detectar que o capital é insuficiente para pagar os recursos da empresa, como:

  • salário de funcionário;
  • custo e despesas;
  • contas da empresa (eletricidade, água e internet).

O negócio será impossibilitado de funcionar e nesse caso deve-se avaliar um empréstimo para garantir que as atividades continuem. 

Aprendeu mais sobre o que é capital de giro? Se precisar de ajuda, temos outros conteúdos disponíveis aqui no Bariblog.  

Veja também

Este site usa cookies e outras tecnologias que ajudam a personalizar o conteúdo de acordo com nossaPolitica de Privacidade. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.