O Banco

Para você

Para sua empresa

Blog

Empréstimo
/ home equity

Crédito com garantia de imóvel para você usar como quiser.

Saiba mais
2ª via do boleto

Serviços ao mercado financeiro

Saiba mais
Open Finance

O que é open finance e como funciona

24 MAR 22
COMPARTILHE

O open finance veio para proporcionar mais autonomia e segurança aos seus usuários. Confira neste artigo tudo o que você precisa saber sobre esse sistema. 

A tecnologia tem sido uma grande aliada quando o assunto é vida financeira. Diversos serviços que antes demandavam muito tempo são, agora, mais eficientes, como a abertura de contas digitais, acompanhamento de carteira de ações, entre outros. Além disso, o acesso à informação ficou mais democrático, permitindo maior empoderamento e busca pelas melhores soluções. O open finance é uma das criações benéficas que a tecnologia possibilitou. 

Por intermédio desse sistema, os dados passam a ser compartilhados com mais segurança e, consequentemente, os clientes adquirem mais autonomia sobre a própria vida financeira.

Neste artigo, vamos explicar o que é open finance, para que serve e como funciona esse sistema. Por isso, acompanhe a leitura.

O que é open finance?

Em sua tradução do inglês, open finance significa finanças abertas e consiste em um sistema financeiro aberto criado pelo Banco Central no qual você pode compartilhar seus dados de forma gratuita e segura.

Criado em 2021, a partir de uma evolução do sistema Open Banking, esse sistema tem mudado a relação dos nossos clientes com sua vida financeira. O principal objetivo do Banco Central com o Open Finance é criar uma base regulatória que abrange os principais serviços econômicos da sociedade. Logo, alguns sistemas econômicos importantes e que fazem parte do open finance são:

  • Serviços bancários;
  • Casas de câmbio;
  • Corretora de valores;
  • Seguros;
  • Fundos de previdência, entre outros.

Qual a finalidade do open finance?

Não podemos negar que os dados são uma parte valiosa e delicada das nossas vidas. Afinal, compartilhamos informações a todo momento, e as instituições bancárias e financeiras acumulam um volume considerável de dados sensíveis.

Em vista disso, a finalidade do open finance é fornecer a segurança necessária aos utilizadores. A implementação do sistema busca padronizar o compartilhamento de dados a fim de tornar as transações seguras e dinâmicas, uma vez que facilita a troca de informações entre instituições financeiras e a oferta de novas possibilidades aos clientes.

Como o open finance funciona com transparência, você fica sempre no centro das decisões, autorizando qualquer transação ou dado compartilhado.

Para que serve o open finance?

ilustração de um homem com um celular na mão e, na frente, a tela do celular ampliada, mostrando uma foto de perfil, símbolo de uma digital, símbolo de segurança e de senha protegida

Por intermédio do open finance, os dados dos usuários são compartilhados entre instituições financeiras participantes do sistema. Dessa forma, é possível fornecer condições interessantes ao cliente.

Os dados que são compartilhados são sempre respeitados pela LGPD ( Lei de proteção de compartilhamento de dados). Logo, os dados que costumam ser compartilhados são:

  • Nome;
  • E-mail;
  • Telefone;
  • Endereço;
  • Faturamento (no caso das pessoas jurídicas);
  • Renda;
  • Perfil de consumo;
  • Solicitação de empréstimos;
  • Crédito;
  • Conta corrente;
  • Financiamentos.

Com esses dados em mãos, nós conseguimos encontrar as melhores soluções alinhadas ao seu perfil. Sendo assim, o open finance serve para ampliar as possibilidades do cliente, conectando-as com oportunidades favoráveis.

Benefícios do open finance

O open finance permite que você aumente sua competitividade frente ao mercado, contando com maior segurança de dados e transparência na hora de ver como o banco processa suas informações.

A conexão criada entre as instituições também proporciona maior autonomia e flexibilidade na hora de entregar sugestões personalizadas e mais adequadas ao perfil de cada cliente.

Além disso, outros benefícios do sistema de finanças abertas são:

  • Você no centro: o acesso aos dados permite que as sugestões e melhorias sejam ofertados com foco exclusivo nas suas necessidades;
  • Possibilidade de aumento de limite de crédito;
  • Facilidade em negociações de empréstimos facilitados;
  • Mais produtos e serviços disponíveis;
  • Redução das taxas de juros;
  • Maior controle sobre a vida financeira, possibilitado pelo acesso à informação;
  • Segurança e prevenção de fraudes e vazamento de dados

O open finance é uma excelente forma de extrair o melhor dos serviços prestados pelo seu banco. Além disso, o dono das suas informações passa a ser você, que define o uso que pode ser dado a elas. Por fim, caso resolva abrir sua conta em um novo banco, fica mais fácil compartilhar todo o seu perfil e histórico sem precisar começar um relacionamento do zero.

Diferenças entre open finance e open banking

Open finance e open banking não são a mesma coisa, embora o primeiro seja uma evolução do segundo. A diferença entre ambos reside na abrangência das instituições participantes. 

No open banking, os dados compartilhados são referentes apenas aos fornecidos a bancos e fintechs. 

Já o open finance abre o leque de possibilidades, puxando o seu histórico de qualquer instituição financeira, como empresas de câmbio, corretoras e até mesmo dados da previdência. 

Em breve, você poderá trazer os seus dados para o Banco Bari e fazer parte dessa inovação, ganhando um controle maior sobre as suas informações em parceria com um banco que já foca exclusivamente em você. 

Como vimos, participar do open finance vale a pena e pode ser uma alternativa interessante na hora de alcançar seus objetivos financeiros e empresariais. Quer saber mais? Veja tudo sobre o sistema financeiro aberto do Banco Bari!

Veja também

Este site usa cookies e outras tecnologias que ajudam a personalizar o conteúdo de acordo com nossaPolitica de Privacidade. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.