Blog

23 abr 20

Tecnologia

PIX: você está por dentro dessa nova forma de pagamento?

Imagine efetuar pagamentos e transferências fora do horário de expediente bancário em tempo real? 

É exatamente isso que o PIX, novo método de pagamento do Banco Central (Bacen), pretende. O PIX está previsto para ser liberado no segundo semestre de 2020. 

Atualmente, os métodos de pagamento disponíveis e mais conhecidos são cheque, boleto, ordens de pagamento,  Doc (Documento de Ordem de Crédito) e  Ted (Transferência Eletrônica disponível), este último quase instantâneo, mas não disponível 24 horas por dia. 

Temos o cartão de débito e o cartão de crédito, que veio para substituir o cheque pré-datado e o carnê de crediário. Ah, e não podemos esquecer o grande concorrente de todos esses métodos e tecnologias, o dinheiro vivo!

Mas, afinal, o que é o PIX? 

O sistema para pagamentos instantâneos do Bacen, o PIX, é um novo método de transferência de recursos que permitirá a realização de pagamentos em até dez segundos. 

É uma solução mais econômica que trará a possibilidade de transferências entre pessoas, instituições e governo quase que em tempo real e a qualquer momento do dia e da noite, incluindo finais de semana, durante o ano todo. 

O PIX representa o fim do cartão e da maquininha? 

Assim como o cheque ainda circula no país, mesmo após a chegada dos cartões de débito e crédito, a adoção do PIX em substituição dos cartões deve ser gradativa.

Talvez o primeiro método de pagamento a sofrer impacto seja o cartão de débito, principalmente pela praticidade oferecida aos estabelecimentos comerciais de receber instantaneamente com o PIX. Mas ainda não temos claro se a operação será tão simples quanto a tão difundida operação maquininha + cartão de débito. 

O fato é que iniciaremos, ainda este ano, uma nova fase na evolução dos meios de pagamento no Brasil, iniciando um processo importante no movimento cashless, como em alguns países europeus, que possuem metas para extinção do papel moeda em alguns anos. 

Bari e PIX

O Banco Bari foi uma das dez instituições financeiras do Brasil a participar da primeira homologação do PIX, realizada na primeira semana de abril pelo Banco Central. 

Somente instituições com mais de 500 mil contas eram obrigadas a participar desta primeira fase de homologação para se adequar a oferecer o serviço até novembro. Apesar de não estar na faixa de obrigatoriedade, o Banco Bari optou por participar dos testes já nesta primeira etapa. 

A realização dos testes confirmou o andamento do programa e afastou as dúvidas a respeito do possível atraso no cronograma de lançamento devido à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.  A previsão para o início das operações está mantido para novembro deste ano. 

Texto de Rodrigo Azevedo - Head de Meios de Pagamento do Banco Bari.

Curtiu esse conteúdo? Se interessou pela tecnologia de pagamentos? Então acompanhe sempre as nossas postagens e também as nossas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades do mundo de finanças.

Recomendações

Comentários

Mais posts

blog-banco-bari-home-office-dia-a-dia

Pequenas economias no home office – Dia a dia

Trabalhando de home office? (Nós também estamos :P). E neste período tão diferente, já demos dicas de produtividade, de como evitar o aumento da sua conta de energia e hoje, continuaremos com algumas dicas de economia para o seu dia a dia trabalhando em casa.

Ler mais
Reserva de emergência para gastos eventuais.

Um passo de cada vez: construa sua reserva de emergência.

Se uma emergência acontecesse – um problema de saúde, algo que estraga repentinamente em sua residência ou um custo alto […]

Ler mais
Selic em queda. O que fazer com meus investimentos?

08 Maio 20

Selic em queda: O que fazer com meus investimentos?

Após a sexta queda consecutiva, desta vez de 0,75%, a Selic alcançou a nova mínima histórica em 3% ao ano. […]

Ler mais

Atenção!

O Banco Bari alerta que não exige depósito prévio a título de fiança, seguro ou taxa de cadastro para concessão de empréstimos aos seus clientes.

Em cumprimento à Circular 3.991 do Banco Central de 19/3/2020 e seguindo as diretivas preventivas incentivadas pelas autoridades durante a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), informamos aos nossos clientes que o atendimento público presencial estará suspenso por tempo indeterminado.

Durante esse período, pedimos aos nossos clientes que utilizem nossos canais digitais de atendimento:
Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC)
4007-2888 (capitais e regiões metropolitanas)
0800-007-1777 (demais localidades)
41 98775-7044 (whatsapp)
contato@bancobari.com.br