O Banco

Para você

Para sua empresa

Blog

Multiconta

Um aplicativo que ajuda você a guardar $ para seus objetivos.

Multiconta Banco Bari
Conta Controle
Conta Objetivo
Pix
Baricard Elo Grafite
Investimentos

Produtos de Renda Fixa para o seu dinheiro render com segurança.

Saiba mais
Empréstimo
/ home equity

Crédito com garantia de imóvel para você usar como quiser.

Saiba mais
2ª via do boleto
Financiamento imobiliário

Inclua as custas de cartório nas parcelas e utilize seu saldo do FGTS.

Saiba mais

Empréstimo
/ home equity

Crédito com garantia de imóvel para você usar como quiser.

Saiba mais
2ª via do boleto

Serviços ao mercado financeiro

Saiba mais
Educação Financeira

Como a redução da taxa de juros afeta seu dia a dia?

27 JUL 18
COMPARTILHE

A Selic, taxa básica de juros brasileira, em 2019 se mantém em 6,5% e é comemorada por muitos especialistas como caminho para recuperação da economia.

mas de que forma, a redução da taxa básica de juros pode influenciar no seu dia a dia?

Mas primeiro, vamos entender melhor sobre esse indicador e para que ele serve. 

O que é Taxa Selic?

Selic é a sigla para Sistema Especial de Liquidação e Custódia, e é uma média ponderada dos juros cobrados pelas instituições financeiras. Esse sistema é gerenciado pelo Banco Central para controle na emissão, compra e venda de títulos.

A Taxa Selic é o instrumento utilizado pelo Banco Central para controlar a inflação. Ou seja, quando há aumento da taxa básica de juros, o objetivo é conter a demanda aquecida, pois os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. E quando há redução na Taxa Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato para o brasileiro, incentivando a produção e o consumo.

Quer entender como a taxa básica de juros, impacta as suas finanças? A movimentação afeta principalmente investidores e endividados, aqueles que devem estar sempre de olho na movimentação dos juros.

Veja alguns impactos principais da redução da Taxa Selic que podem afetar seu bolso:

Investimentos em Renda Fixa

Quem investe em produtos de renda fixa atreladas à Taxa Selic, como CDB pós-fixado e Letras Financeiras do Tesouro (LFT), continua se beneficiando do rendimento atrativo dessas aplicações.

O retorno permanece interessante mesmo com a redução da taxa de juros, uma vez que a Selic continua em um patamar bastante elevado.

Poupança

A redução da Taxa Selic não muda a vida de quem guarda seu dinheiro na Caderneta de Poupança. Uma vez que o rendimento é fixado em 0,5% ao mês + a Taxa Referencial (TR) para valores maiores ou igual a 8,5% ao ano na taxa básica de juros.

Portanto, se você ainda aplica na Poupança, esse é mais um motivo para migrar de investimento.

Dívidas

Para quem está endividado, a redução da Taxa Selic costuma ser positiva, uma vez que os juros dos empréstimos podem ser reduzidos. Mas é preciso, avaliar seu contrato para verificar se a redução é automática ou se depende de decisão do banco.

Além disso, é importante considerar todas as taxas envolvidas na modalidade de empréstimo, a fim de entender se a redução da Selic é mesmo favorável para a sua situação.

Acompanhar o cenário econômico para manter as finanças em dia

Apesar da redução da Taxa Selic, o mercado ainda está muito instável para que você possa comemorar. É preciso aguardar movimentações do Banco Central e dos grandes bancos para sentir real efeito em suas finanças.

Por isso é tão importante que você acompanhe atentamente o cenário econômico e guie suas decisões a partir dos movimentos do mercado.

Está endividado e não há previsão de redução dos juros do empréstimo? Avalie trocar suas dívidas caras por baratas.

Investe em opções que estão com baixo rendimento? Conheça outras modalidades de aplicação e avalie alternativas mais atrativas.

Eduque-se financeiramente e busque conhecimento sobre economia, assim você conseguirá agir sempre de forma a ter a Taxa Selic ao seu favor, independentemente da situação econômica do país.

Quer entender como ter uma melhor relação com seu dinheiro? Acompanhe as nossas postagens e siga Banco Bari nas redes sociais!

Veja também

Este site usa cookies e outras tecnologias que ajudam a personalizar o conteúdo de acordo com nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.