O Banco

Para você

Para sua empresa

Blog

Empréstimo
/ home equity

Crédito com garantia de imóvel para você usar como quiser.

Saiba mais
2ª via do boleto

Serviços ao mercado financeiro

Saiba mais
Planejamento Financeiro

Como economizar dinheiro para viajar: 7 dicas simples e infalíveis

16 JUL 21
COMPARTILHE

Chegou a hora de retomar o planejamento daquela viagem dos sonhos? Confira como se organizar para poupar com esse objetivo.

Após quase dois anos de pandemia e com a vacinação em curso no Brasil e em outros países, as pessoas voltam a planejar viagens a destinos turísticos. De acordo com pesquisa do Melhores Destinos, 76% dos entrevistados querem fazer pelo menos uma viagem nacional ainda em 2021. 

O levantamento revelou também que a vacinação é a principal condição para a retomada das viagens. 47% dos consultados disseram que vão viajar para fora do país apenas após serem imunizados, dentre esses, 30,6% preferem esperar que a pandemia esteja controlada antes da próxima viagem ao exterior. 

No entanto, além de aguardar a imunização adequada e que os números da pandemia estejam controlados, é preciso pensar nas questões práticas e financeiras que envolvem o planejamento de uma viagem. 

Pensando nisso, separamos algumas dicas práticas para quem precisa começar a economizar para viajar. Confira. 

1 - Conheça e organize as suas finanças

Organizar o seu orçamento sempre vai ser o primeiro passo para começar qualquer meta que envolva dinheiro. E para isso existem vários caminhos: uma planilha no computador, um aplicativo no celular ou até um caderno. O importante é que você registre todos os seus gastos, fixos ou variáveis, e todas as entradas de dinheiro também. 

Sem conhecer as suas finanças, você não consegue saber quanto é capaz de poupar mensalmente e, consequentemente, não consegue traçar metas realistas, o que vai gerar dificuldades e pode fazer com que você desista no meio do caminho. 

2 - Reduza gastos e faça sobrar mais dinheiro

Para conseguir economizar, primeiro é preciso que o dinheiro esteja disponível. Se toda a sua renda está comprometida e não sobra nada no depois de pagar as contas, é hora de reduzir as despesas. E não se preocupe, é possível fazer isso sem abrir mão do lazer, apenas fazendo substituições inteligentes: 

  • Revise as despesas do dia a dia: reduza o consumo de energia elétrica, assinaturas de TV a cabo, streaming etc.
  • Lazer mais barato: troque o restaurante por refeições caseiras e traga as reuniões em barzinhos para casa também.
  • Passeios ao ar livre: idas a shoppings e lugares de consumo podem ser substituídas por passeios em parques, praças e até museus, shows e outros eventos oferecidos gratuitamente pela prefeitura, fique de olho nas programações.

Apenas essas ações já podem garantir uma boa redução de gastos mensais, o que permitirá que você poupe mais para sua viagem. 

3 - Se livre das dívidas 

Se você estiver endividado e com muitas contas em atraso, o ideal é que primeiro se organize para pagar as dívidas antes de começar a planejar uma viagem. As dicas anteriores também podem te ajudar nessa missão. 

No entanto, se você não está endividado, mas tem compras parceladas em cartões de crédito, de loja ou crediários que consomem boa parte do seu orçamento, talvez seja uma boa ideia quitar esses compromissos.  Isso vai permitir que você poupe mais dinheiro e também que você tenha mais tranquilidade para gastar durante a viagem. 

4 - Crie metas e prazos possíveis de cumprir

Você precisa saber quanto a sua viagem vai custar, desde as passagens, estadias, alimentação, passeios etc. Coloque tudo isso na ponta do lápis e chegue ao valor necessário. Com essa informação, você pode definir metas e prazos para cumprir. 

Uma boa dica é definir uma meta macro, ou seja, o valor total que você precisa para viajar, e quebrar esse total em metas menores que podem ser diárias, semanais ou mensais. Segmentar as conquistas pode ajudar a cumprir os objetivos e evitar que você desista por achar que está longe de alcançar o valor que precisa. 

Lembre-se de respeitar os seus limites ao definir as metas. Escolha valores que possam ser poupados com facilidade e evite frustrações. Seja realista com prazos também, se você tem entradas apenas mensais, não coloque metas semanais ou diárias. Isso também vai ajudar a evitar que “pule” metas ou deixe de poupar nos prazos estipulados. 

5 - Não gaste os extras

Quanto mais você poupar para a sua meta, mais rápido você irá alcançá-la. Dessa forma, se possível, não gaste ou use para outros fins entradas adicionais de dinheiro, como 13º salário, pagamentos por trabalhos freelancers ou qualquer outra fonte de renda extra. 

6 - Crie alertas de passagens em promoção

Vários sites e aplicativos de passagens permitem a criação de alertas por destino e outros filtros. Crie alguns alertas e fique sempre de olho nas promoções. Comprar uma passagem com desconto pode reduzir o custo da sua viagem e deixar uma margem para outros gastos necessários. 

 

Ilustração mostra uma pessoa utilizando o celular com uma mala cercada por ícones que representam viagem como passaporte, avião e globo.
Planejamento é o primeiro passo para começar a economizar para viajar.

7 - Invista!

Lembre-se que você vai estar poupando valores que não irá utilizar por algum tempo. E tempo é a palavra chave quando se trata de investimentos, por isso, aplique esses valores. Pode ser uma conta com rendimentos ou títulos de renda fixa, que são seguros e oferecem condições de prazo e rentabilidade atrativas para esses objetivos de curto e médio prazo. 

Conta Objetivo da Multiconta Bari

A conta digital do Banco Bari oferece a ferramenta perfeita para esse tipo de meta: a Conta Objetivo. Com ela, você pode criar quantos objetivos quiser, personalizar cada um com nomes e emojis que te ajudarão a lembrar da meta. Todos os valores poupados nas Contas Objetivo rendem 100% do CDI, com liquidez diária, segurança e o melhor, sem nenhum custo. 

Investimentos de renda fixa

A Multiconta Bari também conta com uma plataforma completa de renda fixa. Nela, você pode aplicar a partir de R$ 50 em CDBs e LCIs protegidos pelo FGC, com excelentes rendimentos e diversas opções de vencimento. Basta escolher o que melhor combina com a sua meta e começar a investir. 
Ainda não abriu a sua conta digital do Banco Bari? Então baixe agora mesmo o aplicativo, faça seu cadastro e comece a utilizar todas as funções exclusivas e gratuitas. 

Veja também

Este site usa cookies e outras tecnologias que ajudam a personalizar o conteúdo de acordo com nossaPolitica de Privacidade. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.