O Banco

Para você

Para sua empresa

Blog

Empréstimo
/ home equity

Crédito com garantia de imóvel para você usar como quiser.

Saiba mais
2ª via do boleto

Serviços ao mercado financeiro

Saiba mais
Planejamento Financeiro

Quanto custa ter um animal de estimação: guia completo

14 SET 21
COMPARTILHE

Na hora de comprar ou adotar um bichinho, fique de olho nos custos e se planeje financeiramente

Antes de inserir um pet na família, é importante se perguntar: “Quanto custa ter um animal de estimação”? A resposta é fundamental para quem se preocupa com uma boa gestão do orçamento.

O brasileiro ama animais de estimação. Não é à toa que temos um dos maiores mercados pet do mundo, com faturamento de varejo de 5,2%, perdendo apenas para os Estados Unidos, segundo o Instituto Pet Brasil (IPB). 

Só em 2018, o setor pet nacional movimentou R$34,4 bilhões, 4,7% a mais que em 2017. 

Porém, ter um bichinho  não envolve somente amor e carinho. São necessários certos cuidados com alimentação, saúde e higiene que demandam tempo e dinheiro. 

Confira a seguir o que deve ser incluído na sua lista de planejamento financeiro. Selecionamos os principais custos para te ajudar a tomar a decisão e garantir que o pet receba todo cuidado de que precisa.

Leia também: Como administrar as dívidas de forma inteligente


Quanto custa ter um animal de estimação?

Apesar de ser um gasto fixo mensal, as despesas com pets variam segundo o animal. Vamos focar nos mais queridinhos do Brasil: cachorro e gato.

Segundo pesquisa divulgada pelo  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 46,1% das residências brasileiras, há, pelo menos, 1 cachorro. Já os gatos ocupam, em média, 19,3% dos imóveis no país. 

Leia também: Mais tempo em casa: dicas para tornar esse ambiente mais confortável e funcional

Quanto custa ter um cachorro?

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), entre as famílias que ganham de 10 a 20 salários mínimos e 4 a 10 salários mínimos, o gasto médio mensal com cães é de R$302. 

No entanto, os gastos com cães podem variar. Os de maior porte, entre 26kg e 45kg, chegam a custar R$422,59, de acordo com o IBP. Já os de menor porte, até 10kg, demandam um gasto mensal de R$266,18.

Quanto custa ter um gato?

Nós sabemos que os brasileiros não são somente fãs de cachorros, mas também dos felinos. No Brasil, segundo a Abinpet, são 54,2 milhões de cães e 23,9 milhões de gatos que ocupam lares e corações. 

Mas, e quanto custa ter um gato? Ainda de acordo com a Abinpet, quem escolhe adotar ou comprar um gatinho pode ter um gasto mensal de R$121,39.

Gastos com outros pets

Para quem tem um aquário em casa, os gastos mensais com peixes giram em torno de R$66,50, afirma a Abinpet. 

Os peixes são seguidos dos roedores (R$55,50), répteis (R$14,90) e aves (R$7,80), incluindo gastos com alimentação.

Ilustração de uma mulher passeando com um cachorro

Principais gastos de um animal de estimação

Ter um animal de estimação é um compromisso importante e duradouro. 

Portanto, se você está pensando em adotar ou comprar um pet, é importante se organizar financeiramente. É preciso considerar todos os gastos que terá com seu animal de estimação.

Veja a seguir os gastos mais importantes que você terá com seu bichinho:

Alimentação

A alimentação é um dos principais gastos que você terá com seu pet. No caso dos cachorros, 1 kg de ração pode variar entre R$18 e R$281. Tudo vai depender da raça, porte e necessidades nutricionais do pet.

Já em relação aos gatos, 1kg de ração custa entre R$20 e R$75. Lembre-se de que a escolha do alimento ideal deve ser orientada por um médico veterinário. O profissional vai te ajudar a manter o foco na saúde do seu bichinho.

Além da ração, há outros alimentos, como biscoitinhos, sachês e petiscos. Considere esses gastos caso queira inserir na dieta do pet. 

Saúde

Cães e gatos devem ir ao veterinário de acordo com a frequência estabelecida pelo profissional. Ele examinará o pet para avaliar o quadro de saúde  e, se for necessário, pode solicitar exames de imagem ou laboratoriais.

Somadas a essas consultas estão as vacinas. No caso dos cães, é importante que eles sejam imunizados com as vacinas antirrábica e V-10, que protegem contra doenças, como raiva, giardíase, gripe, cinomose e leptospirose. 

A vacina contra a raiva deve ser aplicada anualmente. A Prefeitura de São Paulo oferece a imunização gratuita. Na rede particular, a V10 chega a custar entre R$150 e R$350.

Além disso, é importante considerar outros gastos com antipulgas, coleiras e vermífugos. Os antipulgas custam de R$50 a R$150 e devem ser aplicados mensalmente ou trimestralmente, o que vai depender da marca do produto.

Já os vermífugos devem ser aplicados uma vez a cada três ou seis meses e o preço varia em torno de R$5 a R$50. 

Remédios, exames e cirurgias também precisam estar no seu planejamento financeiro, já que os pets podem ficar doentes. Os custos variam de acordo com o profissional e a demanda. 

Atualmente, existem planos de saúde para animais de estimação nos valores de R$40 a R$400 mensais, que cobrem consultas, exames e vacinas. 

Higiene  

Muitas pessoas dão banhos nos seus cãezinhos e gatinhos em casa. Se esse não é seu caso, contabilize entre R$15 e R$60 em um banho e tosa uma vez a cada dois meses. 

Os tapetes higiênicos, caso seu pet use, devem ser substituídos uma vez a cada dois dias. Espere gastar com esse produto R$50 mensais. 

Castração

A castração é pauta de muitas organizações que defendem a redução do número de animais abandonados. 

A Prefeitura de São Paulo oferece mutirões com castração gratuita. Em clínicas particulares, os custos da operação podem variar de acordo com o local e município. 

Acessórios

O gasto com acessórios vai depender do seu planejamento financeiro. Quem não tem dinheiro, pode improvisar com brinquedos. Caminhas e roupinhas podem ser feitas à mão, ou com materiais que você já tem em casa.

Agora que você já sabe quanto custa ter um animal de estimação, não deixe de organizar suas finanças e seu tempo para dar as melhores condições para seu bichinho. 

Você sabia que o Banco Bari também pensa no bem-estar do seu animal de estimação? Clientes que possuem o Baricard Elo podem escolher entre os mais de 20 benefícios exclusivos para pets, sem custo adicional.

Basta cadastrar seu cartão na plataforma Elo Flex e escolher os benefícios em “Pet Conveniência”. Você terá até 3 acionamentos anuais para cobrir despesas com tratamentos em casa, emergência, entre outras comodidades.

Essa é a forma que a gente encontrou de garantir que você cuide do seu bichinho com todo amor e dedicação que ele merece, sem perder o foco na organização financeira.

 

 

 

Veja também

Este site usa cookies e outras tecnologias que ajudam a personalizar o conteúdo de acordo com nossaPolitica de Privacidade. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.