O Banco

Para você

Para sua empresa

Blog

Empréstimo
/ home equity

Crédito com garantia de imóvel para você usar como quiser.

Saiba mais
2ª via do boleto

Serviços ao mercado financeiro

Saiba mais
Sobre os produtos

Quem pode fazer crédito consignado?

21 ABR 22
COMPARTILHE

O crédito consignado é um empréstimo com garantia que possibilita pagamento a longo prazo com taxas de juros amigáveis para você quitar suas dúvidas e sair do vermelho. Seu processo, porém, é burocrático e não está disponível para toda a população.

O crédito consignado é, sem dúvida, uma das melhores opções para quem busca por um empréstimo, pois além das taxas serem baixíssimas, você poderá direcionar o valor para o que quiser, seja para o pagamento de dívidas, uma emergência em casa ou motivos de saúde. Mas é importante entender quem pode fazer.

Isso porque existem alguns pré-requisitos para que seja possível a aprovação do crédito.

Se você tem interesse em adquirir o benefício, quer saber o que é crédito consignado e por onde começar, leia este artigo que preparamos com as principais informações em torno do tema, como quem pode fazer crédito consignado e quem não pode, além de exigências para a sua aprovação.

O que é empréstimo consignado?

O crédito consignado é uma linha de crédito que segue o conceito de empréstimo com garantia, como já ocorre em outras modalidades, como o home equity.

Tendo o salário, aposentadoria ou pensão de INSS como garantia, o valor acordado no empréstimo consignado será debitado mensalmente no contracheque, holerite ou benefício do pensionista.

Regulamentada pela lei do empréstimo consignado em folha de pagamento, essa é uma opção que traz benefícios tanto para o cliente quanto para a instituição financeira. Por quê?

Veja: ao ceder seu salário, pensão ou aposentadoria como quitação do empréstimo, o banco se blinda contra possíveis inadimplências. Logo, concederá taxas de juros mais baixas ao cliente, possibilitando uma linha de crédito mais acessível do que as tradicionais no mercado, que tem taxas de juros mensais de 4% em média.

Aprofunde-se no assunto: Empréstimo consignado: como funciona e qual a vantagem 

Quem pode fazer um empréstimo consignado?

ilustração de um casal de idosos sentados ao sofá

Basicamente, o empréstimo consignado é cedido para funcionários públicos, pensionistas e aposentados. Contudo, algumas instituições financeiras contam com modalidades especiais para militares e funcionários de empresas privadas. 

Veja mais detalhadamente quem pode fazer crédito consignado a seguir:

Beneficiários do INSS

O empréstimo consignado pelo INSS é voltado para aposentados e pensionistas do INSS. As taxas de juros mensais são estipuladas pelo próprio órgão e giram em torno de 1.80% ao mês e as parcelas são divididas em 84. 

Uma das perguntas que gira em torno dos dependentes do INSS é se o representante legal pode fazer empréstimo consignado. Devido ao estado de vulnerabilidade mental ou física do representado, os bancos geralmente não autorizam o acesso a empréstimos consignados por parte do representante legal. O ideal, nesse caso, é verificar a questão com o banco.

Funcionários públicos

O empréstimo consignado para funcionários públicos engloba os servidores municipais, estaduais e federais. Os valores referentes ao empréstimo serão descontados diretamente do contracheque, com parcelas que giram em torno de 96 meses e taxas de juros de cerca de 2,05% ao mês.

Militares das Forças Armadas

O empréstimo consignado engloba militares do exército, marinha e aeronáutica, tanto ativos como inativos, com parcelas de 96 vezes em média e taxas de juros em torno de 2,50% ao mês.

Trabalhadores de empresas privadas

O empréstimo consignado também é direito de trabalhadores CLT de empresas privadas. Ao contrário do que muita gente pensa, não é exigido tempo mínimo de carteira assinada para a sua utilização.

Conhecido como empréstimo consignado privado, a média de taxas de juros cobradas pelas instituições é de 2,14% ao mês.

É importante ressaltar que a instituição financeira pode negar o crédito consignado. Haverá análise dos dados fornecidos e a aprovação do benefício ficará por conta do banco, e um dos motivos de não aprovação é a falta de margem consignada, assunto que trataremos mais adiante.

O que é necessário para fazer um empréstimo consignado?

Ao solicitar o empréstimo consignado, será necessária a apresentação de dados pessoais e documentos para a análise de crédito e aprovação. Via de regra, os dados solicitados são:

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de residência dos últimos 90 dias;
  • Declaração de residência (zonas rurais) dos últimos 90 dias;
  • Comprovante de renda (contracheque, folha de pagamento, holerite etc.).

De acordo com a modalidade do empréstimo consignado, algumas exigências de documentação são acrescentadas.

  • Para militares: documento de identificação militar;
  • Para aposentados e pensionistas: Extrato de Empréstimos Consignados (Hiscon);
  • Para servidores públicos federais: contracheque atualizado emitido pelo SouGov.

Quem não pode fazer empréstimo consignado?

Mesmo se encaixando em um dos grupos para os quais o crédito é possível, há outros fatores que podem impedir a aprovação desse empréstimo. São eles:

Ter margem consignável inferior a 35%

Seguir a margem consignável é obrigatório para obter o benefício. Para isso, o solicitante precisa ter 35% da sua renda total reservada para o pagamento do empréstimo.

Falando de quem não pode fazer empréstimo consignado, o benefício não é proibido para quem tem nome sujo, mas para que seja possível solicitá-lo, será necessário atingir a margem consignável de 35%. Isso significa que se houver outro empréstimo em aberto, por exemplo, você precisará quitá-lo para pedir pelo empréstimo consignado.

Não comprovar renda fixa

Um dos requisitos básicos para ser aprovado na análise de crédito do empréstimo consignado é comprovar renda fixa, o que significa que trabalhadores informais, estagiários e servidores públicos temporários não conseguirão a aprovação do empréstimo.

Idade abaixo de 18 anos ou acima de 80 anos

A idade mínima para solicitar o empréstimo consignado é de 18 anos e a idade máxima é de 80 anos. Ou seja, nem menores de idade nem idosos acima dos 80 anos poderão usufruir do benefício.

Além disso, o prazo de pagamento também é estipulado de acordo com a idade do cliente, o que significa que pessoas com idade mais avançada deverão quitar o débito em parcelas menores do que os demais.

Imprecisão nos dados fornecidos

Caso não seja possível fornecer qualquer um dos documentos e dados obrigatórios, o crédito não será aprovado. O mesmo vale caso um dos documentos esteja ilegível, seja por danificação ou má conservação, por exemplo.
Agora você já sabe quem pode usufruir do crédito consignado e quais os principais impeditivos desse benefício. Quer fazer o seu e liberar sua renda para lazer, saúde ou outros sonhos? Confira as condições do empréstimo consignado no Banco Bari!

Veja também

Este site usa cookies e outras tecnologias que ajudam a personalizar o conteúdo de acordo com nossaPolitica de Privacidade. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.