O Banco

Para você

Para sua empresa

Blog

Empréstimo
/ home equity

Crédito com garantia de imóvel para você usar como quiser.

Saiba mais
2ª via do boleto

Serviços ao mercado financeiro

Saiba mais
Planejamento Financeiro

9 dicas de como quitar dívidas em 2022

30 MAR 22
COMPARTILHE

As linhas de crédito são uma boa solução para a grande questão de como quitar dívidas vivida pela maioria dos brasileiros, assim como o empréstimo consignado ou home equity. 

O brasileiro peca na educação financeira, e isso faz com que muitos estejam em situação de endividamento. As taxas de juros de cartão de crédito e cheque especial são responsáveis por afundar ainda mais os devedores numa areia movediça de dívidas e mais dívidas.

Se você quer se livrar dessa situação e limpar seu nome de vez no mercado, ou ainda deseja se prevenir de tudo isso, acompanhe nossas dicas sobre como quitar dívidas!

O que fazer quando se está muito endividado?

Antes de mais nada, será necessário que você consiga ter uma visão panorâmica de como anda a sua situação financeira como um todo. Por isso, inicie a sua estratégia de quitação de dívidas juntando todos os seus gastos e analisando um por um.

Assim você conseguirá priorizar as dívidas mais urgentes, até conseguir quitar todas as suas pendências.

Leia também: Como funciona o crédito imobiliário?

Como conseguir quitar todas as dívidas?

Todos nós sabemos que o acúmulo de dívidas pode acabar com o nome no Serasa. Isso tornará a sua situação ainda mais difícil, pois muitas instituições não aprovam linhas de créditos para quem tem o nome sujo. 

Veja algumas dicas práticas para quitar suas dívidas..

1. Organize seus gastos

Comece pelos gastos fixos, como alimentação, água, luz etc., passe pelas pendências, como boletos e faturas em aberto, até chegar nas dívidas. Com tudo analisado, será mais fácil ter maior organização para definir prioridades de pagamento e reajustes no orçamento.

2. Determine prioridade aos pagamentos

Determine uma prioridade de pagamento para contas que já se encontram em atraso e na etapa de multas e juros. É importante a quitação dessas dívidas, pois suas altíssimas taxas costumam levar o devedor a uma bola de neve difícil de se desvencilhar.

3. Realize reajustes no orçamento familiar

O próximo passo é reunir a família e determinar o reajuste de gasto no orçamento familiar. São vários métodos que poderão ser incluídos no dia a dia para a redução de gastos. 

Para começar, podemos focar na redução nas contas de consumo. Você poderá estipular banhos mais curtos, apagar a luz quando sair de um ambiente, desligar um eletrodoméstico quando não estiver em uso, enfim, as opções são muitas.

4. Faça renda extra

ilustração de uma mulher com um braço par o alto, uma perna dobrada e alcançando o símbolo de uma moeda, enquanto outros símbolos como um cartão de crédito e um escudo flutuam ao redor dela

Tentar gerar renda extra é uma das alternativas para conseguir verba para pagar dívidas. São várias opções para quem deseja ganhar uma graninha a mais no final do mês. Algumas opções são: 

  1. Atuar como freelancer;
  2. Vender produtos novos ou usados no Mercado Livre, Enjoei ou Shopee;
  3. Vender algo de fabricação própria, como bolos, doces ou até mesmo artesanato;
  4. Passear com cães;
  5. Trabalhar com entregas ou transporte por aplicativo.

5. Corte lanches e guloseimas

Comer uma pizza todo final de semana é com certeza delicioso, mas ao mesmo tempo, pesa bastante no orçamento. Se você não abre mão de fazer um lanchinho, tente comprar os ingredientes e fazer você. Essa pode ser uma boa experiência em família e, de quebra, um grande método para enxugar os gastos.

Em relação aos gastos com alimentação, segure as rédeas no supermercado optando por produtos mais baratos e cortando supérfluos, como biscoitos, chocolates e doces.

6. Corte supérfluos e gastos desnecessários

Ao adquirir um produto, considere primeiramente a sua relevância. Será que aquela assinatura de streaming é necessária nesse momento? Será que aquela promoção é imperdível mesmo ou apenas ativou o gatilho de urgência? Pondere sobre esses gastos extras que parecem inofensivos, mas que somados, poderão causar um peso extra no final do mês.

7. Renegocie sua dívida

Quer saber como quitar dívidas com bancos? Geralmente as instituições financeiras estão abertas para a renegociação de dívidas dos seus clientes. Por isso, tente sempre negociações junto ao seu banco para reduzir o valor total da dívida. Uma dica é tentar pagar os débitos à vista, pois descontos poderão ser concedidos ao devedor.

8. Estude educação financeira

Adquira mais consciência de educação financeira para lidar melhor com suas dívidas e evitar a realização de outras.

Uma dica inicial é tentar sempre gastar menos do que ganha (e não o salário todo) e tentar juntar o que sobra para reservas de emergências.

Leia também: 10 aplicativos de controle financeiro para organizar as finanças

9. Opte pelas linhas de crédito

As linhas de crédito são uma boa opção para quem necessita quitar suas dívidas o quanto antes. Dentre as opções mais comuns, estão os famosos empréstimos. 

Pelos maiores riscos de inadimplência, as taxas de juros costumam ser altas, na média de 119,5%. Ou seja, o que pode parecer uma luz no fim do túnel, também pode se tornar uma armadilha, pois as taxas podem dificultar o pagamento total, resultando em mais dívidas. 

Além disso, algumas instituições optam por não oferecer empréstimos a clientes com nome sujo, como dito anteriormente, já que a oferta de empréstimos não é obrigatória pelas instituições financeiras. Isso significa que eles podem oferecer o benefício para quem quiser e com valores que variam de cliente para cliente.

O crédito consignado também é uma opção de linha de crédito para devedores, mas não disponível para toda a população, já que o benefício cobre apenas aposentados, beneficiários do INSS e colaboradores de empresas que possuam parcerias com este tipo de serviço.

Como pagar dívidas altas?

Uma das melhores linhas de créditos para pagar dívidas grandes é o home equity ou empréstimo com garantia de imóvel. Saiba mais a seguir:

O home equity é um empréstimo para quitar dívidas que utiliza a residência do devedor como garantia de pagamento. Essa linha de crédito trabalha com uma das menores taxas de juros do mercado devido aos baixos níveis de inadimplência que essa modalidade oferece aos bancos.

Os valores cedidos ao cliente são estipulados em cima de determinada porcentagem sobre o valor total do imóvel, que poderá chegar a até 60%. Considerando essa boa fatia com o valor total da residência, o valor conquistado poderá ser bem maior do que as vias tradicionais, como o empréstimo pessoal. 

Se está se perguntando como quitar dívidas altas, o home equity pode ser a solução.

Estou endividado e desesperado, o que fazer?

Conheça a Linha de Crédito com Garantia de Imóvel, o home equity do Banco Bari.

São diversas vantagens ao aproveitar essa linha de crédito:

  • Temos uma das menores taxas de juros do mercado
  • Conquiste até 60% de cobertura em relação ao seu imóvel;
  • 180 dias para pagar em parcelas de 240 vezes;
  • Receba um cartão de crédito com alto limite atrelado a linha, o Baricard;
  • Utilize o dinheiro para pagamento de dívidas ou como preferir;
  • Linha de crédito liberada e disponível para o cliente por até 5 anos.


São muitas alternativas para você sair do vermelho e pagar suas contas definitivamente. Agora que você já sabe como quitar dívidas, é importante estar aberto a adaptações no seu orçamento, como cortes de gastos desnecessários. Por isso, mantenha o foco e não desista! Conheça o Linha de Crédito com Garantia de Imóvel, o home equity do Banco Bari!

Veja também

Este site usa cookies e outras tecnologias que ajudam a personalizar o conteúdo de acordo com nossaPolitica de Privacidade. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.