O Banco

Para você

Para sua empresa

Blog

Empréstimo
/ home equity

Crédito com garantia de imóvel para você usar como quiser.

Saiba mais
2ª via do boleto

Serviços ao mercado financeiro

Saiba mais
Investimentos

Investimentos: entenda porque a poupança não é a melhor forma de aplicar o seu dinheiro

14 JAN 21
COMPARTILHE

Atualizado em 29 de julho de 2021. 

O ano passado foi marcado pela incerteza dos brasileiros quanto ao futuro. Toda essa cautela com as finanças levou a uma captação líquida recorde na poupança em 2020: R$ 166,310 bilhões. 

Segundo o Banco Central, este é o maior valor líquido já registrado em toda a série histórica, iniciada em 1995. Já a rentabilidade da caderneta de poupança somou R$ 23,853 bilhões no período, por isso os brasileiros encerraram 2020 com volume total de R$ 1.036 trilhão na caderneta.

Rendimento Poupança: você sabe o quanto rende o dinheiro na poupança?

O rendimento da poupança está fixado em 70% da taxa Selic + TR. Atualmente, a Selic está em 4,25% ao ano. Dessa forma, a poupança tem rendido aproximadamente 0,24% ao mês, o que representa 2,97% ao ano, de acordo com o Banco Central. 

Por que esse rendimento não é o mais interessante? 

70% da Selic é uma remuneração baixa, mesmo se comparada com os rendimentos oferecidos em contas digitais, por exemplo, que costumam pagar 100% do CDI para qualquer valor depositado e com liquidez diária. Essa taxa é ainda menos interessante se comparada com outros produtos de Renda Fixa, ainda conservadores como a poupança, mas com outras condições de rentabilidade e liquidez.

Essa comparação entre rendimentos atrelados à Selic e ao CDI é possível, pois as duas taxas estão sempre muito próximas. No momento, o CDI está em 4,15% ao ano, o que significa que qualquer valor aplicado com rentabilidade atrelada ao CDI, renderá 4,15% ao ano, valor superior aos 2,97% ao ano da poupança.  

Quais as alternativas? 

Determinar onde é mais vantajoso deixar o seu dinheiro depende de vários fatores: seu objetivo, o tempo que pretende deixar esses valores investidos, os valores que pretende aplicar, se precisa ou não ter acesso rápido ao dinheiro (liquidez) e, principalmente, o seu perfil de investidor. 

Se você é um dos brasileiros que ajudou nessa captação recorde da poupança, se sente inseguro para correr riscos, mas quer aumentar os seus rendimentos, você pode estudar melhor os outros produtos de Renda Fixa, que são tão seguros quanto a poupança, mas pagam mais juros e você consegue saber quanto seu dinheiro irá render no momento da aplicação.

Os produtos de investimentos em Renda Fixa mais comuns, além da poupança, são: 

Investimentos protegidos da inflação

Em tempos de inflação acima do teto da meta, é preciso buscar equilibrar as perdas por conta da alta de preços com os rendimentos dos títulos aplicados. 

Para isso, os investimentos com remunerações híbridas, parte prefixada e parte pós-fixada e atrelada ao IPCA (índice oficial de inflação no Brasil), podem ser um bom caminho a seguir. 

O Banco Bari oferece CDBs e as LCIs atrelados ao IPCA, com excelentes remunerações e aplicação mínima de apenas R$ 50. 

Quer saber mais sobre como dar os primeiros passos no mundo das aplicações financeiras? O Bari Explica! No nosso Instagram tem vídeo com especialista explicando tudo que você precisa saber sobre o tema. Clique aqui para assistir

E aí, que tal aproveitar o novo ano para rever seus investimentos e dar um upgrade nos rendimentos? Conte com o Bari para te auxiliar e oferecer produtos perfeitos para você. Visite a área de investimentos aqui no site e saiba mais

Continue acompanhando as nossas postagens e não esqueça de seguir o Banco Bari nas redes sociais. Até mais.

Veja também

Este site usa cookies e outras tecnologias que ajudam a personalizar o conteúdo de acordo com nossaPolitica de Privacidade. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.