O Banco

Para você

Para sua empresa

Blog

Empréstimo
/ Crédito com garantia de imóvel

Empréstimo inteligente para dar fôlego ao seu negócio.

Saiba mais
2ª via do boleto

Serviços ao mercado financeiro

Saiba mais
Educação Financeira

Nome sujo: como saber se o CPF está negativado e como limpar o nome no Serasa

09 DEZ 21
COMPARTILHE

Nome sujo significa estar na lista de devedores dos órgãos de proteção ao crédito. Nesse caso, você tem uma série de restrições financeiras, como dificuldades para contratar empréstimo.
 

Independentemente do motivo, ter o nome sujo traz diversos problemas. Fica mais difícil contratar crédito no mercado, ou contar com um cartão de crédito.

E esse problema está presente na vida de milhões de brasileiros. Segundo pesquisa do SPC, já são 59,4 milhões de pessoas negativadas nos serviços de proteção ao crédito.

No entanto, existem alternativas para limpar o nome sujo. Neste post, vamos explicar melhor o que essa expressão significa, quais são suas consequências e como saber se esse é o seu caso. Saiba mais!

O que é estar com o nome sujo?

Essa expressão significa que você está na lista de maus pagadores. Ou seja, deixou de honrar seus compromissos financeiros e agora tem seu CPF inscrito nos bancos de dados dos serviços de proteção ao crédito.

Basicamente, o nome sujo no Serasa e no SPC indicam que você contraiu uma dívida e não pagou. Ela pode ser relativa a uma compra de produto ou serviço. Assim, o credor aciona o serviço de proteção para que seu CPF seja listado como inadimplente.

Aqui, vale a pena fazer uma explicação. Ter dívidas é diferente de estar na lista de maus pagadores. No primeiro caso, você tem empréstimos, financiamentos e prestações de loja em aberto. Porém, todas estão dentro do prazo de vencimento.

Por outro lado, ter seu nome negativado implica que uma ou mais das suas contas deixaram de ser pagas. Ou seja, o vencimento já passou e elas não foram quitadas.

Por isso, uma pessoa pode não ter dívidas, mas ficar inadimplente. É o caso de fazer o pagamento de tudo à vista, mas deixar a fatura de internet para trás. Caso essa situação aconteça, a operadora pode negativar seu CPF.

Como ficar com o nome sujo?

O nome sujo no SPC e no Serasa é causado pelo mesmo motivo: falta de pagamento de alguma conta. Qualquer uma delas pode levar à negativação. Por exemplo, faturas de água, luz, internet, cartão de crédito, financiamento do carro ou do imóvel etc.

Porém, vale a pena deixar claro que esse processo não ocorre do dia para a noite. Se o vencimento passar, é provável que a empresa primeiro tente entrar em contato e negociar. Isso porque a chamada régua de cobrança é colocada em prática.

Explicando: muitas empresas trabalham com alternativas para situações em que o cliente deixa de pagar uma conta. Muitas vezes, isso acontece por esquecimento. Em outras, é um problema pontual que pode ser resolvido com uma negociação.

Portanto, costuma-se chegar a um acordo. Além disso, a lei determina que o consumidor inadimplente deve ser avisado antes de ficar com seu nome negativado. Geralmente, isso acontece com um prazo de 10 a 15 dias.

Assim, existe uma nova chance para quitar a dívida ou renegociá-la diretamente com o credor. Se isso não acontece, é preciso arcar com as consequências do nome sujo.

O que implica ter o nome sujo?

Ter o nome negativado gera uma série de problemas financeiros. Inclusive, eles tendem a prejudicar no longo prazo. Veja quais são as principais consequências:

  • dificuldade de conseguir crédito: seu relacionamento com as instituições financeiras fica abalado. Por isso, é difícil conseguir um empréstimo, um financiamento ou mesmo a contratação de um crediário de loja;
  • redução do seu score de crédito: as empresas sempre avaliam a sua pontuação para saber como é o seu histórico de relacionamento com os bancos e outros credores. Se o índice for baixo, dificilmente você conseguirá fazer parcelamentos, já que isso implica riscos de inadimplência;
  • cancelamento de outros tipos de crédito: o cheque especial e o cartão de crédito podem ser suspensos, se você estiver com o nome na lista de maus pagadores. Assim, ficará mais difícil organizar a sua vida financeira.

Além de entender as consequências do nome sujo, é importante explicar uma questão. Muita gente acredita que, depois de 5 anos, a dívida deixa de existir. Na verdade, isso é um mito.

O que acontece é que o seu CPF é retirado dos bancos de dados dos serviços de proteção ao crédito. No entanto, o débito permanece em aberto e ainda precisa ser quitado. Inclusive, a inadimplência continua trazendo os impactos negativos que acabamos de listar.

É possível ter cartão de crédito com o nome sujo?

Atualmente, existem fintechs que trabalham com essa possibilidade. No entanto, ela é bastante restrita. Além disso, o limite disponibilizado tende a ser mais baixo, justamente porque o seu score de crédito é pequeno.

Como saber se o seu nome está sujo?

A consulta de nome sujo pode ser feita diretamente pela internet. Na Serasa, você deve realizar os seguintes passos:

  1. acesse o site de consulta do CPF;
  2. clique em “Consultar CPF grátis”;
  3. cadastre seus dados, se ainda não tiver uma conta. Para isso, clique em “Crie uma conta” e siga os passos indicados;
  4. digite seu CPF e senha para entrar;
  5. clique em “Ver meu CPF” e veja se existem pendências.

Nesse mesmo login, você pode consultar seu score de crédito. Essa pontuação vai de 0 a 1.000 e mostra qual é a chance de você ficar inadimplente. Por isso, quanto mais alto for o resultado, melhor.

Além disso, há outras formas de consulta para responder a pergunta: “como saber se estou com nome sujo?”. Até mesmo porque existem outros serviços de proteção ao crédito. No entanto, esse que apresentamos reúne dados do Serasa e do SPC. Por isso, é o mais abrangente em vigência no Brasil.

Você também pode fazer a consulta pelo Boa Vista. No entanto, precisa pagar R$ 40 para consultar um CPF. Se precisar verificar vários números, pode contratar um pacote.

Como limpar o nome sujo?

A única forma de tirar seu CPF da lista de maus pagadores é renegociar ou pagar a dívida. Isso pode ser feito diretamente com o credor. Assim, você entra em contato com ele, verifica as condições e faz um acordo que caiba dentro do seu orçamento.

Você também pode realizar esse processo pelo feirão Serasa Limpa Nome. Ele é realizado em alguns momentos do ano em locais físicos. No entanto, também permite fazer a renegociação pela internet.

Nesse caso, acesse o site do Serasa Limpa Nome, insira seu CPF e faça a consulta grátis. Caso tenha dívidas registradas nesse canal, você poderá negociá-las. Algumas das empresas parceiras disponíveis são:

  • Claro;
  • Recovery;
  • Oi;
  • Santander;
  • Itapeva;
  • Riachuelo;
  • Ativos SA;
  • Itaú;
  • Banco do Brasil;
  • Banco Carrefour;
  • Avon;
  • Crefisa;
  • Banco BMG;
  • Renner;
  • Digio;
  • Tim.

Quanto tempo demora para limpar o nome no Serasa?

Com o pagamento total da dívida ou da primeira parcela do acordo firmado, a empresa tem um prazo de 5 dias úteis para tirar seu nome da lista de inadimplentes. A partir disso, você poderá deixar de procurar empréstimo com nome sujo, por exemplo. Isso porque não terá mais restrições e haverá mais facilidade na busca por crédito.

Ainda assim, é importante efetuar um trabalho para garantir que seu nome continue limpo. Para isso, é preciso pagar todas as contas em dia.

Assim, seu score aumenta e você poderá ter acesso a todos os serviços financeiros, como empréstimo consignado, crédito com garantia de imóvel e financiamento imobiliário. Portanto, ter o nome sujo é um mau negócio. De toda forma, é possível reverter a situação e mudar a sua vida financeira do vermelho para o azul.

Quer saber realmente como chegar a esse patamar? Conheça 7 livros sobre educação financeira para aprender a organizar as finanças!

Veja também

Este site usa cookies e outras tecnologias que ajudam a personalizar o conteúdo de acordo com nossaPolitica de Privacidade. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.